sexta-feira, 28 de março de 2008

O ginecologista

Por Nina Lopes, em 26/03/2008.

"Dia desses fui ao ginecologista fazer a consulta de rotina (de seis em seis meses, rigorosamente. Depois do câncer de mama da minha mãe, todo cuidado é pouco) e fiquei 'absurdada', como diria uma amiga, com o que ouvi.

- Você toma anticoncepcional?

- Não, sou lésbica e tenho relacionamento estável com mulheres.

(cara de espanto, disfarçada)

- Entendo que a maioria das lésbicas tem constragimento em assumir, mesmo que para o ginecologista, com medo de sofrerem preconceito.

- Eu não tenho preconceito, só não entendo isso.

(cara de espanto, minha, escancarada)

- Não entende o quê? Perguntei, já indignada.

- Na cama você é homem ou mulher?

(Quase caí da cadeira e me virei do avesso com aquela pergunta)

- Sou mulher, gosto de ser mulher. Você concorda que se eu quisesse ser homem, eu teria feito mastectomia ao invés de colocar silicone?

- Sim, mas uma mulher, quando coloca silicone, faz lipo, quer ficar bonita para atrair um homem.

- Sim, mas você concorda que eu gosto de mulher? Eu quero é atrair uma outra mulher!

- Mas isso não é natural, homem é que gosta de mulher.

- Mas muita mulher também gosta de mulher!
- Você não sente falta de penetração?
- Não.
- Você e sua companheira não usam um consolo, alguma coisa?
- Não sentimos a necessidade ainda, mas usaríamos se fosse o caso. Tem dedo, lingua, boca, a gente se vira bem.
- O bom mesmo é beijar na boca, né? (como se sexo entre lésbica fosse só beijo na boca)

-O bom mesmo é gozar, a menos que as mulheres hétero tenham um orgasmo diferente do meu, eu acho que não temos diferença em nada.

- Você gosta de sexo anal?

(Péeeeeeeee. O que esta pergunta tem a ver com todo o resto? Totalmente fora de contexto...)

- Não, não gosto.

- Bom, doutor, preciso de um exame de contagem de hormônio, o senhor pode fazer o pedido por favor?

- Sim, mas certamente seu testosterona vai dar alto, né? Você gosta de mulher...

(Péeeeeeeeee, com o perdão do meu francês, caralho, esse cara se formou ontem?)
- Acho que não tem nada a ver, né doutor? Se fosse assim, não teria lésbica com mioma.

Certamente não volto lá, nem para levar o resultado dos exames. Já está mais que na hora que profissionais da saúde sejam treinados para lidarem com a diversidade e respeitarem a orientação sexual das suas pacientes.

Ele disse, no começo da nossa conversa, que não era preconceituoso. Pode não ser, mas é machista, afinal, só acredita que pode haver sexo se há penetração, que toda mulher sente falta de penetração. Ah, faça-me o favor, penetração por penetração, pode ser até uma banana! Não preenche a cavidade do mesmo jeito?"

Texto retirado do "Blog da Nina", no site Mix Brasil.
Link para o texto no blog: http://blogdanina-mixbrasil.zip.net/

8 comentários:

Fake me disse...

Onde que esse cara comprou o diploma? ¬¬

Gabi disse...

Eu até achei a Nina muito paciente. No meu caso não teria nem respondido a 1ª pergunta até pq ele como médico, se fosse um bom profissional, sabe muito bem que para sentir prazer não precisamos de um nervo, ou seja que for no meio das pernas. Ele quis se aproveitar da educação dela para acabar tirando duvidas pessoais, o que é completamente sem ética.

Bruna Battirola disse...

Esse médico além de burro é idiota. Qual é o problema em sermos lésbicas? Se somos mais felizes assim... outro dia, quando uma conhecida soube que eu era lésbica ela disse assim: 'eu não sou tá! Não vai dar em cima de mim.' Até parece que vou sair dando em cima de toda e qualquer mulher que aparece por ai. sem noção mesmo. Tenho um blog, que crei ha pouco tempo, um so de poesias... uma hora dessas dê uma visitada e se voltar volte sempre e divulgue,

http://lembrancasesaudades.blogspot.com/

Bj

eliane disse...

COM TODA CERTEZA VOCÊ E MAS EDUCADA, QUE ELE PODE, TER CERTEZA. DISSO . PRA MIM VOCÊ, MOSTROU EDUCAÇÃO, E ENCINAMENTOS JÁ QUE ELE NÃO O TINHA. ETERNA DUVIDA DE HOMENS MACHISTAS; DEVEMOS MOSTRA PRA PESSOAS QUE SE ACHAM SUPERIOR SÓ PORQUE FEZ FACULDADE,
QUE NÃO IMPORTA QUEM VOCÊ ESCONHA PRA AMAR CADA UM TEM CAPACIDADE DE CONHECIMENTO, É ORIENTAÇÃO SEXUAL PORQUE QUE PENSA? QUE PESSOAS QUE TEM ORIENTAÇÃO SEXUAL DIFERENTE SÃO "ANORMAIS" SÃO IQUAIS A QUALQUER OUTRA PESSOAS , DEVEMOS SER SEMPRE EDUCADOS E MOSTRA QUE APESAR DA ORIENTAÇÃO SOMOS SERES HUMANOS .MUITO OBRIGADA

Manu Araújo disse...

Fala sério...ninguém merece ter que passar por isso. Mas é assim mesmo, tem coisas que deixam a gente louca da vida, já passei por algumas situações parecidas e é super chato. Dia desses visitando alguns blogs encontrei um blog, onde haviam fotos de um casal de namoradas, tipo, super normal, um casal que se ama, que se gosta, não tinha nem fotos constragedoras nem nada, fotos super normais, mas se fosse um casal hetero não teria tanta baboseira nos comentários...bom de qualquer forma adorei seu blog...um grande abraço!

caju disse...

Pois eu estive numa clínica em Moema, e a ginecologista que me atendeu foi super atenciosa, e nada preconceituosa, quando eu disse que namorava mulher e que nunca tinha tido penetração com homem.
Realmente, a Nina Lopes teve paciência com o médico.
Um bom abraço.

Erika disse...

otimo texto..eu tinha uma ginecologista e tals...mas na ultima vez q fui, falei que tinha relacionamentos com mulheres..ela ficou espantada..e foi nítida a falta de preparo dela...saí de la sem ser examinada e nunca mais volto...consultorio em moema..médica oriental...totalmente despreparada e faltou mto profissionalismo

Quel disse...

Infelizmente, nos deparamos com pseudos profissionais,1@ qualquer ser dá área dá saúde se depara e sabe que mulher eh mulher independente com quem ou o que faz para ter prazer...
2@ se ele estudou anatomia ,
3@ se ele eh realmente médico,

tem que pegar o crm , dele e abrir processo
ele queria seduzir a colega, com o papinho anal ele foi ant.ético...
o pensamento do médico deve ter ido para uma sala de swing, entre outras coisas...
por isso que ainda tem médico de abusa sexualmente das pacientes,por falta de processo....não podemos sofrer violências verbal, ou moral , temos que denunciar, mesmo que seja médico....